REVISTA "FORBES" INDICA OS MAIS RICOS DO BRASIL // PEDRO JUAN CABALLERO GANA ESPACIO DE SALUD NUTRICIONAL // VEREADORES SE REUNEM NO ASSENTAMENTO ITAMARATI // EL CUMPLE DEL CONCEJAL FULGENCIO VALDOVINO // FAMILIARES DE DESAPARECIDO EN TACUATÍ CRITICAN INERCIA DE AUTORIDADES // O MAIOR SHOPPING DAS AMERICAS COMPLETA 80 ANOS // HOMBRE Y VEHICULO SON HALLADOS CALCINADOS POR EL FUEGO EN AMAMBAY // SEGUNDO A POLICIA MORTE DE JORNALISTA ESTA ESCLARECIDA // COMERCIANTES PREOCUPADOS COM ABANDONO DA AREA CENTRAL DE PONTA PORÃ // SICARIOS EJECUTAN A UN JOVEN FRENTE A SU RESIDENCIA EN AMAMBAY // ASSALTANTES SÃO PRESOS PELA PM DURANTE FUGA // GOBERNADOR PARTICIPA DE PALADA INICIAL DEL CENTRO DE VISITANTES EN AMAMBAY // MEDICO E PROIBIDO DE ATUAR PELO CRM/MS // NUMERO DE CRIANÇAS DE RUA AUMENTA SEM CONTROLE DO CONSELHO TUTELAR DE PONTA PORÃ // HORTO FLORESTAL E ALVO DE RECLAMAÇÕES NA FRONTEIRA // HOMEM E EXECUTADO A TIROS POR "CAPETA" // CORRESPONSAL PARAGUAYO VIVE EN LA FRONTERA DE LA VIDA Y LA MUERTE // SICARIOS EJECUTAN A TIROS A UN HOMBRE EM AMAMBAY // LIXÃO ASSUSTA MORADORES DE BAIRROS DE PONTA PORÃ // SHOPPING CHINA CUMPLE 80 AÑOS EN LA FRONTERA //
Superior e Subordinado: uma relação de sujeição?
| Fuente: pedrojuannews.com
nota
É impossível que um povo negue sua história: mesmo que se ressinta de acontecimentos perversos do passado, mesmo que adote medidas claras de anulação dos erros cometidos É impossível que um povo negue sua história: mesmo que se ressinta de acontecimentos perversos do passado, mesmo que adote medidas claras de anulação dos erros cometidos, ainda assim irá pairar quando nada a névoa cultural que germinou o que o povo é. No Brasil, parece que não perdemos a mania de tentarmos a todo custo alcançar o status de senhor, não qualquer senhor, mas senhor nos moldes do escravagismo, sujeitando outras pessoas aos nossos brios, vontades, vaidades e confortos.

Este elemento cultural sofre um sério agravante nas instituições militares, e a nós interessa observar as polícias militares, organizações das quais se espera o cultivo de conceitos como democracia, cidadania, ética, humanitarismo etc. Grande contradição, já que ainda é possível que as relações interpessoais no âmbito das PM’s sejam pautadas em uma lógica de submissão, vassalagem, servidão, ou, como dissemos, escravidão – no sentido de utilizar-se do outro como objeto de enaltecimento e utilidade a si próprio.

A legislação policial militar permite certos vácuos que podem ser ocupados pelo ímpeto senhorial, e aqui estamos nos referindo à relação entre superior hierárquico e subordinado, já que este último deve cumprir qualquer ordem emitida pelo primeiro, desde que não seja manifestamente ilegal. Entre o que é ilegal e o que émanifestamente ilegal há certa distância preocupante, entremeada por possibilidades ético-morais tenebrosas.

Significa dizer que o policial militar deve permanecer no posto de serviço após o horário de sua escala, caso seja determinado. Que deve esperar horas a fio a autoridade que presidirá uma solenidade, até que determinação em contrário seja estabelecida. Que deve participar de eventos que não estão de acordo com suas convicções, se determinado. Que deve manter-se em pé neste ou naquele local por este ou aquele tempo, conforme determinação. Ora, e se tais determinações servirem apenas à satisfação dos brios deste ou daquele senhor? Cumpra-se: não é manifestamente ilegal.

Extinguir a tradição legal do “manifestamente ilegal” possui implicações de eficácia nas ações policiais militares (eficácia, não eficiência). O termo continuará existindo enquanto as polícias precisarem se apresentar como realizadoras de algo relevante, sem desatar os nós internos. Se não há motivação ou adesão à proposta da gestão, é preciso mandar e alguém precisa parecer que está obedecendo (no mínimo). Aproveitando o incidente legal, cada senhor vai construindo seu engenho.

Danillo Ferreira



COTIZACION DE MONEDAS
 
Compra
Venta
band
Euro
5.600
6.000
band
Dolar Americano
3.980
4.080
band
Peso Argentino
950
1.000
band
Real
2.400
2.530
echo - bid3 - shop2